Utilidade Pública
São Paulo, 24 de Abril de 2019

 

UBS em São Miguel Paulista passa a funcionar em novo prédio
Unidade passa a oferecer serviço odontológico e terá uma equipe de Atendimento à Saúde da Pessoa Idosa


A Prefeitura de São Paulo entregou, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), as novas instalações da Unidade Básica de Saúde Cidade Nova São Miguel (UBS), localizada na Zona Leste da capital, que começa a atender na Avenida Mohamad Ibrahim Saleh, 902, em São Miguel Paulista. Há mais dez anos os moradores da região solicitavam a transformação do espaço em um equipamento de saúde.

"Eu já passava na antiga UBS, mas aqui ficou muito melhor. Além de ser maior fica do lado da minha casa, então posso vir medir a pressão, tomar a vacina da hepatite, estou muito feliz. A minha irmã falou para eu fazer um convênio, mas estou sendo tão bem atendida que não vejo necessidade", disse a dona Noêmia Oliveira, de 84 anos.

Sua estrutura física foi adequada para atender mais de 6,4 mil famílias cadastradas no equipamento, totalizando 20 mil usuários pertencentes aos distritos do Jardim Helena, Vila Jacuí e São Miguel. A UBS passou a funcionar numa área de 2.900 m², com 1.400 m² de área construída, um aumento significativo em relação ao prédio anterior que funcionava num espaço de 250 m².

Com a mudança, a unidade passou a contar com a primeira equipe de Atendimento à Saúde da Pessoa Idosa da região, serviço odontológico com quatro equipes, cada uma composta por dentista e auxiliar, e contará também com uma base do SAMU integrada que vai atender aos chamados a partir da UBS.

"Esta unidade representa a vitória da luta da população, pois foram anos e anos de reivindicação para que este equipamento fosse construído. Uma obra que começou em 2015, ainda na gestão anterior, e quando chegamos a Prefeitura a determinação foi de antes de começar qualquer coisa nova teríamos que terminar o que os outros não terminaram, pois o pior recurso é o da obra parada, do equipamento que não foi entregue para a população", disse o prefeito Bruno Covas.

A inauguração permitiu ainda o acréscimo de mais duas equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF), chegando a seis no total, que passarão a utilizar tablets para agilizar o trabalho nas visitas à comunidade. A UBS já contava com uma equipe do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) com sete profissionais.

O objetivo da Prefeitura é humanizar cada vez mais o atendimento à população, além de ofertar uma estrutura adequada e acessível, com mais espaço físico e profissional para a assistência à saúde dos usuários. A reforma recebeu investimento de mais de R$ 800 mil em mobiliário, além do custo médio mensal de mais de R$ 700 mil reais.


Em três meses, Educação estadual implanta profissionalização de cargos de liderança
Programa que leva alunos à universidade e projeto de revitalização de escolas também marcam o primeiro trimestre da Pasta
Os primeiros três meses da nova gestão da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) foram marcados pela implementação do programa Líderes Públicos, que visa profissionalizar a gestão de pessoas e valorizar os gestores com perfil de liderança na rede estadual de ensino. O projeto será implementado com base em competências para profissionalizar as posições de lideranças que atuam na rede.
O programa começa com os 91 dirigentes, mas deverá abranger diretores de escola, vice-diretores e supervisores, entre outros cargos. O objetivo é adotar critérios para analisar o desempenho e implementar um modelo de gestão de pessoas no setor público, conforme já ocorre nas grandes empresas do setor privado, e manter na rede profissionais que tenham competências como liderança, resiliência e tomada de decisões, entre outros.
 
Atividades no contraturno: Educa SP
Outro programa de destaque do primeiro trimestre, é a criação do programa Educa SP, que proporcionará aos estudantes do Ensino Médio frequentar uma universidade no contraturno – oferecendo a experiência da vida universitária de forma complementar na última etapa da educação básica. No projeto piloto, 30 mil alunos da rede terão acesso a atividades complementares em instituições de ensino superior.
Chamado de ‘Corujão da Educação’, o projeto ocupará os horários disponíveis nas salas de aula de universidades, garantindo mais qualidade de ensino e constituindo-se numa motivação a mais para os alunos do Ensino Médio da rede estadual paulista. A expectativa é reduzir índices de evasão e abandono e aumentar o rendimento dos estudantes.
A carga horária do curso não substituirá as aulas regulares, que são obrigatórias. O objetivo é ofertar conteúdos que deem sentido à trajetória dos alunos e, ao mesmo tempo, forneçam uma amostra da vida universitária. O certificado estará atrelado à conclusão do Ensino Médio. Os cursos terão duração de 200 horas e estarão em consonância com a BNCC – Base Nacional Comum Curricular.
 
Escola + Bonita e contratação de docentes
Além da preocupação em profissionalizar a rede, o aspecto estrutural das escolas não foi deixado de lado. Nestes três primeiros meses, mais de 1,5 mil intervenções já foram realizadas, via Associação de Pais e Mestres (APM), com um investimento de R$ 25 milhões. Outras obras de maior porte em 1.350 escolas já estão mapeadas e programadas.  
Além disso, com o projeto Escola + Bonita, a previsão é de revitalizar 2,1 mil unidades até 2020, utilizando o trabalho de presos em regime semiaberto. A pintura é feita em horários que não atrapalhem a rotina escolar e com tintas que não têm cheiro.
Nos primeiros três meses de 2019, a nova gestão da Pasta se destaca, ainda, pela contratação de profissionais: a rede estadual de ensino iniciou o ano, em janeiro, com 177 mil docentes, e fechou o mês de março com 185 mil professores.
Além disso, foram nomeados 3,1 mil professores PEB 1 que, no momento, aguardam perícias médicas e, se estiverem aptos, poderão tomar posse e entrar em exercício, reforçando o quadro de docentes da rede estadual de ensino.

Alessandro Ferro
Álvaro Camilo
Celso Fernandes
Celso Russomanno
Cloves Reis
Danielle Curia
Fernando Jorge
Lair Ribeiro
Mario Covas Neto
Ovadia Saadia
Padre Ezequiel Dal Pozzo
Paulo Panayotis
Roberto Maia
Salani
Vito Zanella
Zilda Brandão